Histórias e mais histórias

Thank you

Diálogos com meu filho:

Eu — Christian, está aqui o carrinho. O “daddy” consertou pra você.
Christian — Thank you, mama.

Eu — Christian, come a batata doce e o frango. O “papá” está bem gostoso.
Christian — Não, thank you, mama.

Eu — O controle remoto não está funcionando, então você pode brincar com ele um pouquinho.
Christian — Thank you, mama.

Sim, ele fala “thank you” pra tudo. Fofo? Educado? Vontade de morder? Sim, sim. Mas o crédito não é todo meu. Por mais que eu ensine meu filho a agradecer, acho que estou mais pra aprendiz do que professora. Christian aprende pela observação, pelo exemplo do pai dele, meu marido. Coisa de americanos: sabem que nada cai do céu e que ninguém tem a obrigação de fazer nada por ninguém; pensam que se fizeram algo por você, você deve agradecer. Americanos agradecem por tudo. Sou privilegiada por poder conviver com a  minha família e aprender com ela, na prática, aspectos tão positivos. Hoje me pego agradecendo por várias coisas que antes passariam em branco. Sempre é tempo de mudar, de melhorar. Obrigada pela oportunidade, Papai do Céu! ❤️

 

Thank you

Compartilhe

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply