Cidades americanas North Dakota

Como é morar em Minot, North Dakota

AVISO: NESTE BLOG NÃO APOIAMOS E NEM DISCUTIMOS QUALQUER TIPO DE SITUAÇÃO ILEGAL DE ESTRANGEIROS NOS ESTADOS UNIDOS.

 


Flávia é veterana de Estados Unidos. Já mora aqui há 21 anos, tendo passado por Massachussets, Flórida,  e, mais recentemente, North Dakota. Qual estado ela prefere? É a própria Flávia quem vai nos contar.  🙂


Minot, North Dakota

Meu nome é Flávia e moro em Minot, no estado de North Dakota. Minot fica a 283 milhas da cidade de Winnipeg, no Canadá, e é a 4a maior cidade do estado de North Dakota.

Minot

Em 1995 vim para os Estados Unidos morar em Boston, Massachussets. Minha cunhada e o marido são missionários em Boston e ficamos com eles. Conheci uma brasileira em Boston e nos tornamos grandes amigas (ela morava na Flórida). Após 1 ano em Boston, decidimos nos mudar para a casa da minha amiga na Flórida. Foi nessa época que engravidei. Minha amiga morava em um condomínio e, quando meu filho tinha 3 meses de idade, conseguimos comprar um apartamento no mesmo condomínio dela, onde vivemos praticamente até 2012.

Por que Minot?

Há 4 anos, meu marido veio para Minot (North Dakota) a trabalho, pois uma empresa brasileira trouxe ele pra cá. Ele trabalhou para essa empresa por quase 2 anos. Ficou em Minot por 2 anos sozinho, pois continuei morando na Flórida. Depois, acabei perdendo o meu apartamento na Flórida e fui morar na casa de uma patroa canadense que tinha colocado a casa (toda mobiliada) à venda em Deerfield Beach. Fiquei morando nessa casa por 1 ano e depois fui morar na casa da minha melhor amiga em Boca Raton, onde fiquei por 3 meses antes de vir para Minot em 2014. Quando vim para Minot, a empresa onde meu marido trabalhava fechou as portas e ele acabou tendo que mudar de ramo, indo trabalhar na área do petróleo. Para nosso azar, bem nessa época o preço do petróleo começou a cair, gasolina caiu, postos começaram a fechar. Hoje a situação está bem complicada pra gente aqui: trabalha 2 meses, fica parado, daí tem que arrumar outro trabalho. Este é um dos diversos fatores que nos fazem querer voltar para a Flórida. Sei que na Flórida não é fácil, mas pelo menos lá conhecemos mais gente.

Sobre adaptação, americanos e brasileiros

Quando me mudei para Boston, estranhei bastante a cidade, talvez por ter ares mais antigos, por causa do clima… Vim para os Estados Unidos achando que americanos eram todos frios, sem educação, que não davam atenção aos outros. Mas quando cheguei, vi que não era nada disso. Para mim, tudo o que as pessoas falam dos americanos no Brasil é mentira. Não acho eles frios. Claro que há cidades em que eles são um pouco mais diferentes, como no Brasil também as pessoas são diferentes dependendo da cidade. Minot é uma cidade do interior super longe de tudo; o pessoal é super educado, te trata super bem, não sabe o que fazer pra te agradar. Eles são assim: cada um tem a sua vida. Não é igual brasileiro que fica um enfiado na casa do outro. Mas tem americanos cujas crianças dormem umas nas casas das outras, igual brasileiro. Americanos querem te ajudar, não te criticam por você não falar a língua quando você chega aqui. Eu nunca fui criticada, nunca ninguém riu da minha cara. Já os brasileiros, quando você fala inglês errado, eles te criticam. Americanos sempre tentam te ajudar, ainda mais quando você limpa a casa deles (geralmente são pessoas de idade). Na Flórida, principalmente, são senhoras e elas sempre querem te ajudar. Desde que cheguei, vi que os americanos são pessoas educadas e prestativas. Claro que tem um ou outro que às vezes não gosta de imigrante, mas é muito raro. Creio que é porque não conhecem, têm uma visão errada do que somos nós. Mas vejo que a maioria é de pessoas educadas e que respeitam a gente. Não sei qual é o meu futuro, pois é Deus quem sabe, mas eu amo morar aqui. Para mim, mal educado são muitos brasileiros. Inclusive é bem complicado de conviver com brasileiros aqui. Convivi com muitos na Flórida, e boa parte é egoísta; se puder furar o olho, fura, se você está trabalhando, eles não gostam muito de ajudar… É meio complicado conviver com eles. Brasileiro aqui não ajuda muito o outro, não são unidos quando vem pra cá. Mas a gente sente falta daquele calor e tal, da comida brasileira… Por isso que não me adapto a ficar em Minot. Flórida ainda é complicado, pois você ganha pouco e tal… mas pelo menos lá a gente está no meio de amigos, de gente que já conhecemos… e o clima mais quente faz você ter um astral diferente. Aqui em Minot eu fico triste.

Brasileiros em Minot

As coisas em Minot são complicadas. É uma cidade muito pequena, fica na divisa com o Canadá quase não tem brasileiro. Tenho uma amiga brasileira que veio pra cá, o marido dela foi trabalhar na Dish Network e hoje dirige caminhão. Agora conheci outra brasileira (mineira) porque estou fazendo curso de inglês (o marido dela é carioca, médico brasileiro da Base). Cheguei a conhecer uma terceira brasileira, mas ela já foi embora. Aqui há alguns hispanos, na maioria mexicanos. É uma cidade tipicamente do interior americano, com pessoas bastante receptivas e boas.

Aqui não tem mercadinhos e restaurantes brasileiros, mas em Bismarck, que fica a 1h30 daqui, tem uma uma “churrascaria” brasileira chamada Harvest Brazilian Grill. Nunca fui mas minha amiga brasileira já foi e falou que, pelo menos naquele dia, tudo estava estava meio fraquinho… (risos).

Ah, é comum brasileiros virem pra cá fazer intercâmbio. Tem um brasileiro de São Paulo, Luís Felipe Ricci, que ganhou uma bolsa e veio estudar e jogar basquete na Minot State University.

Minot

Clima

Aqui é muito frio quase o ano inteiro e isso me deprime bastante, pois gosto de calor. Para mim, não é fácil! De outubro a abril é muito frio: tipo -26 graus com sensação térmica de -35. É gelado e venta muito. No dia em que começou o calor em 2016 fez 75 graus (Farehnheit) e agora na primeira semana de maio está 84, mas à noite cai para 40 e pouco, 50… Em maio do ano passado ainda nevou, mas este ano já está calor em maio. Na verdade, não aguento mais ficar aqui. Aqui é muito frio e não tem muita coisa pra se fazer.

A reconstrução de Minot

Em 2012 houve uma grande enchente que destruiu muitas casas, escolas, igrejas… Tudo foi e está sendo reconstruído aos poucos. O “boom” do petróleo ajudou a geração de empregos, porém, com a queda que veio logo em seguida, muitas pessoas saíram da cidade e os trabalhos despencaram.

Lazer e turismo

Nos finais de semana normalmente vamos ao Dakota Square Mall, o único shopping da cidade. Também vamos ao Oak Park, frequento a YMCA, vamos ao cinema… Na verdade, há dois grandes parques, o Roosevelt Park e o Oak Park que já mencionei. O zoológico Roosevelt Park Zoo é um dos maiores da região.

No verão as pessoas costumam ir aos lagos, mas esses ficam a 1 hora ou 1 hora e meia daqui.

Há uma feira anual, a North Dakota State Fair, mas que nos longos invernos tem quase todas as suas áreas fechadas.

Em Minot temos a Base Aérea de Minot, e por isso há muitos militares na cidade, vindos do país todo.

No ano passado, houve a reinauguração do Aeroporto Internacional de Minot, o qual passou por uma reforma e está muito bonito. É pequeno, mas tem restaurante, loja de souvenirs, tudo bem moderno.

Para outras informações sobre eventos em em Minot, visite:

Sobre saudades do Brasil

Não sinto falta do Brasil. Na verdade, tenho até medo de lá. Sinto falta é da minha família, dos amigos, da comida… A Flórida me parece ser um Brasil “melhor resolvido, mais educado”. É claro que a Flórida tem problemas como todos os lugares têm… Mas eu amo aquele estado. O único problema é que lá se paga muito pouco, há muita concorrência de trabalho. O resto, é perfeito par mim, ainda mais por ter mercados brasileiros, comida brasileira e até o “cheiro” do Brasil. O clima da Flórida me fascina, pois amo calor e sol. Mal vejo a hora de retornar para lá (mas não para o Brasil!).

Sobre voltar a residir no Brasil no futuro

Sem chances. Não tenho a mínima vontade de voltar a morar no Brasil. Minha mãe faleceu e eu já não tinha pai quando vim para cá. Tenho dois irmãos mais velhos, apenas.

Conselho para o brasileiro que busca o American Dream

Sinceramente, para mim, aqui é o melhor lugar do mundo para se viver. Mas vir pra cá sem preparo e sem possibilidade de legalização é muito difícil. Cheguei há 21 anos, haviam menos brasileiros que hoje em dia, mas mesmo assim a comunidade brasileira era grande em Boston. As perseguições aos brasileiros ilegais, porém, eram menores, era possível tirar carteira de motorista e Social Security Number… Mas agora as coisas estão mais complicadas. Meu conselho é que venham, venham mesmo, pois aqui é a terra das oportunidades; mas já venham com um Plano B, pois após as eleições deste ano, a vida dos imigrantes vai mudar, ainda mais para os novos brasileiros que ainda estão chegando.

Minot

Flávia

Minot

Minot

Campo de golfe em Minot

 

Minot

Pôr-do-sol visto do estacionamento da YMCA

 

Minot

Lago Sakakawea

 

Minot

Lago Sakakawea

 

Minot

Minot

 

Minot

Scandinavian Heritage Association

 

Minot

Foto tirada da estrada

 

Minot

Foto tirada do quintal de casa

Foto tirada do quintal de casa

 

Conheça outras cidades americanas:

Compartilhe

No Comments

Leave a Reply