Cidades americanas Wisconsin

Como é morar em Milwaukee, Wisconsin

Milwaukee, no estado de Wisconsin

 

Meu nome é Gabriela da Silva, tenho 35 anos e moro nos EUA há 7 anos. Morei por 2 meses em Baltimore (estado de Maryland) e logo me mudei para Milwaukee (Wisconsin) onde estou desde então. Vim pra cá na época com meu noivo, com quem estou há 16 anos. Ele joga futebol profissionalmente. Na época ele jogava pelo time de Baltimore, o Baltimore Blast, um time de Indoor Soccer, e morou em Baltimore por 1 ano antes de eu vir pra cá. Acabou trocando de time e veio jogar em Milwaukee, no Milwaukee Wave. Meu marido perdeu o emprego onde ele jogava futebol aqui na cidade e conseguiu um outro em uma cidade em Iowa, para onde dirige 4 horas.

Como morei pouco tempo em Baltimore, não conheci tanta coisa por lá. Então não posso dizer realmente se prefiro Milwaukee, porque aqui é friooooo demais da conta.

Quando morava no Brasil eu era secretária na Prefeitura de Florianópolis-SC. Aqui não trabalhei na mesma área. Hoje não trabalho mais. Estou em casa cuidando da minha bebê de 8 meses. Mas antes eu trabalhei como faxineira e como babá crianças e cachorros.

Me adaptei super bem aos Estados Unidos! Amo viver aqui! Não troco por nada e não pensamos nunca em voltar ao Brasil, a não ser para visitar.

Estatisticamente, a cidade onde moro tem muitos negros. Isso quem me falou foi meu psicólogo (risos!).  Mas pra dizer a verdade nunca pesquisei, não falar sobre origem, idade e nem escolaridade do pessoal daqui. Fico devendo essa informação!

Para mim os americanos são pessoas super bacanas, pessoas prestativas e que não se metem na vida de ninguém. Muito diferente do povo “fifi” do Brasil. Antes eu achava que eles eram frios, mas não são, não! São pessoas discretas e super educadas.

Sobre os pontos positivos e negativos de morar aqui, deixe-me pensar… Negativos: muiiiiiiito frio por pelo menos 6 meses, e muita neve. Pontos positivos: a cidade é linda no verão! Amo minhas tulipas de primavera. Amo a liberdade de ir e vir sem ficar desconfiada sobre alguém estar me seguindo.

Aqui pra tudo dependemos de carro. O transporte público da cidade restringe-se ao ônibus. Não tem metrô ou trem para circular na cidade em si (só pra ir pra Chicago). Se quiser ir a ao ponto de ônibus mais perto saindo aqui da minha casa tem que caminhar uns 30 minutos pra chegar até lá.

Como já disse, o clima aqui é frio! Temos o verão que dura o período do verão mesmo (nada mais que 3 meses). Antes disso, a primavera que inicia com o clima bem gelado, mas as flores acabam vindo lindamente. O outono é bem gelado também e o inverno eh um freezer! (risos)

Final de semana quando é temporada dos jogos do meu marido, eu vou assisti-lo. Em outras épocas, não faço muita coisa, principalmente agora com bebê. Às vezes vou em algum parque, casa de amigos, lojas, etc., mas nada de extraordinário.

Eu não conheci muitos lugares aqui. Incrível, né? Morando desde 2009 aqui e não conheco a cidade toda. É uma vergonha!! Mas lugares que eu recomendaria seria o Lago Michigan que é lindo! Tem os jogos do Milwaukee Bucks da NBA que são muito legais e eu adoro! Há também museus… No verão tem que vir pro Summerfest, a maior festa do verão dos EUA!

Eu tenho contato com brasileiros aqui sim, tem bastante gente do Brasil vivendo aqui, mas não frequento nenhum ponto de encontro.

Existe um supermercado latino chamado El Rey que revende alguns produtos brasileiros, mas isso só foi possível depois que uma brasileira conversou com o gerente que decidiu revender. Caso contrário não teríamos absolutamente nada. Temos poucos produtos, mas temos!

Aqui existe um restaurante de rodízio de carnes chamado Grill, mas sinceramente não chega nem perto dos nossos restaurantes brasileiros. Fui lá umas 5 vezes nesse tempo todo vivendo aqui. Realmente deixa a desejar. Sinto muita falta dos doces brasileiros. Eu faço doces pra vender aqui. Mas lá no Brasil é tudo mais saboroso e sempre à frente nas novidades.

Não penso em voltar a viver no Brasil e, a cada vez que vamos para visitar, temos mais certeza de que aqui é o nosso lugar.

Meu conselho para quem deseja vir morar aqui é: arrisque e venha! Mas não para tentar viver do jeito que vive no Brasil. Aqui as pessoas são super educadas, não são baderneiras e merecem respeito. No Brasil as pessoas estão cada vez mais ignorantes e sem paciência umas com as outras. E se a pessoa deseja vir, que arregasse as mangas e vá trabalhar no que aparecer, seja limpeza, babá, pedreiro, executivo ou advogado. Aqui todo trabalho é valorizado. No Brasil se vive de status; Aqui não!

Nós somos muito gratos a esse país que nos acolheu, a tantas pessoas que nos ajudaram e continuam a nos ajudar. Fizemos muitas amizades, algumas carregaremos para a vida toda.

 

Gabriela da Silva

 

Milwaukee é a maior cidade do estado de Wisconsin. Para saber mais sobre a cidade, clique aqui.

 

Compartilhe

You Might Also Like

3 Comments

  • Reply
    Suyane Marques
    01/06/2017 at 20:24

    Olá, Carol. Tudo bem?
    Cai aqui de paraquedas, mas tenho adorado o Blog, os posts são muito bons.
    Tenho bastante vontade de estudar nos EUA, ia fazer um intercâmbio, mas que não aconteceu… Agora estou me planejando para fazer faculdade aí. Inicialmente uma community college na região da Virginia, mas ainda tenho muito o que olhar e planejar.
    Só queria dizer que adorei o blog e estarei aqui acompanhando sempre.
    Um grande abç

    • Reply
      Carol Mendes
      03/06/2017 at 23:21

      Oi, Suyane! Que legal que gostou do blog! Boa sorte nas suas escolhas. Beijos.

  • Reply
    Claudia
    11/09/2017 at 02:13

    Olá super simples e bacana voce gostei muito!

  • Leave a Reply